Cursos e Palestras – Dezembro de 2008

Dezembro
– 20/12 – Kabbalah
– 21/12 – Astrologia Hermética

Informações: marcelo@daemon.com.br ou tel (11) 5539-1122

Estava conversando com o Gabriel da loja Pendragon e acho que teremos um espaço para cursos em Brasília em janeiro. Precisamos só ver se temos alunos interessados para formar uma turma. O Mozart também disponibilizou uma sala de faculdade para cursos no Rio de Janeiro. Então se você mora próximo de alguma destas cidades e está a fim de estudar ocultismo nas férias, entra em contato pelo email.

Palestras

Palestra “Kabbalah e os Deuses da Mitologia” e Encontro Conspiratório
por Marcelo Del Debbio.
Sexta Feira, 12 de Dezembro, 19h30.
na Livraria Cultura do Shopping Market Place


Um dos slides da palestra só para vocês ficarem com vontade…

Continue lendo

Hieros Gamos e Magia Sexual

“I am all that has been, that is, that shall be,
and none among mortals has yet dared to raise my veil.”

Hoje vamos falar de algo que certamente vai interessar para todo mundo (ou quase todo mundo). Sexo!
Na Antiguidade, entre os estudiosos, sacerdotes e iniciados, o sexo era considerado algo sagrado e uma maneira de se reconectar com o EU divino que habita cada um de nós, como uma das formas mais bonitas de “Religare” e sempre esteve associado a muitas comemorações e rituais de fertilidade.
O reino do sexo mágico é o domínio e o poder do feminino.

Antes de começar, quero deixar claro que sempre existiu o sexo “vulgar” ou profano, que a maioria das pessoas conhece e pratica normalmente. O sexo sagrado, conforme eu comecei a explicar na semana passada, envolve todo um ritual de entrelaçamento das energias entre os chakras fortes masculinos e femininos durante o ato sexual entre dois iniciados. Durante esta relação, o casal canaliza e amplia suas energias através de seus chakras, desde o Muladhara na penetração, despertando a Kundalini (serpente sagrada), florescendo por entre os nadis dos amantes até o Sahashara, gerando um fluxo gigantesco das energias telúricas e projetando-as para o universo, ou utilizando estas sobras de energia para a realização de determinados rituais.

Através do sexo sagrado, o corpo da mulher se torna um templo a ser venerado e o enlace entre o sacerdote (que assume o papel de um deus) e a sacerdotisa (que assume o papel de uma deusa) adquire uma conotação ritualística capaz de despertar grandes energias e até fazer com que eles cheguem à iluminação (e a orgasmos muito mais fortes!).

Continue lendo sobre Hieros Gamos e Magia Sexual.