Responda rápido: Isso aconteceria na Suécia?

Não, você sabe que não aconteceria. Nem no Canadá, Japão, etc. Esses países praticam um negócio chamado cidadania, onde você cuida dos seus, de seus vizinhos, de seus compatriotas, colocando seu interesse pessoal de lado, em momentos de tragédias.

Já na terra dos espertos, na terra do jeitinho, a gente sempre acha uma forma de se dar bem. Manchetes dizem “Chuva faz o pãozinho ir a R$3,00 e a gasolina a R$4,00″

CHUVA É O CARALHO! Isso se chama ganância e egoísmo.

Em Band of Brothers os soldados da Easy Company descobrem um campo de concentração repleto de prisioneiros famintos. Chegam na cidade, que finge não tomar conhecimento do campo. Começam a recolher pães e queijos para os prisioneiros. Um dos padeiros reclama, apenas para ter uma .45 enfiada em seu nariz, uma excelente forma de convencimento.

Se tivéssemos uma estrutura social decente (povo, polícia, políticos, etc) esse filho da puta saqueando cerveja seria preso e responsabilizado, e os donos das padarias cobrando R$3,00 por pão teriam seus estoques distribuídos gratuitamente, como lição.

Mas sequer sugerir isso aqui já arrepia os cabelos dos defensores dos “Direitos Humanos”.

Do Blog do Cardoso.

22 Respostas

  1. Esse título com a foto embaixo ficou ótimo rsrs.

    Marcelo, lembro que vc comentou sobre mapa natal de países, e que o “jeitinho” brasileiro podia até ser identificado. Como faço para tirar o mapa natal do Brasil? Qual seria o dia certo e a hora específica para colocar?

  2. Não mesmo. Isso é o país com a maior população católica do mundo…. e a gente ver de cara o exercício religioso. Sinceramente, as vezes vejo cada coisa que “religiosos” fazem e falam que me pergunto se eles não lembram do conceito de Inferno em suas crenças. Claro que, os que não são também o fazem, porém não tomam para si esses valorescomo verdadeiros.

    As pessoas deveriam começar a se preocupar com pessoas… Deus, crenças, individualidade, diferenças de opniões… isso a gente vê depois.

    “O mundo é um negócio.” – Network

  3. Bom, fiz meu mapa com um astrólogo e ele me disse que assim como eu, o Brasil também tinha ascendente em Aquário! Ele considerou a data da Independencia do Brasil, 7 de setembro de 1822, aproximadamente as 16h, às margens do Ipiranga, São Paulo.

    O país seria Virgem com Ascendente em Aquário e Lua em Gêmeos. Ele comentou também como é curioso que esteja escrito na bandeira justamente Ordem (Virgem) e Progresso (Aquário). O “jeitinho brasileiro” também seria a qualidade aquariana de fazer as coisas de modo inventivo, não-convencional. O lado virginiano seria aquela mania que temos a auto-crítica. Me vem a mente agora aquele comercial de chinelos, em que dois brasileiros estao reclamando dos problemas do país e vem o argentino criticar também, sendo imediatamente repreendido. Só nós podemos reclamar do nosso país…

    (Mas há controvérsias sobre esse horário, alguns falam em horarios posteriores as 17h, o que daria um ascendente em Peixes).

    Mas enfim, triste ver como o brasileiro sempre tem que “dar uma de esperto”, sempre tem que tirar proveito da situação. Ainda existe a mentalidade de que aquele que dá um jeitinho é o esperto, o que faz tudo “certinho” é otário…

    Apesar de tudo, acho que isso está mudando (espero).

  4. a foto onde tem os catador de lixo com o carrinho lotado de caixas e garrafas de skoll é a melhor.
    a do cara com uma tv 29 tela plana nas costas fica em segundo.

  5. Eu sinto vergonha de ver como o ser humano pode ser vil e mesquinho, sinto nojo!

  6. Se isso foi em SC, para começar, o governo deveria ter feito algo para prevenir enchentes deste tipo porque isto já aconteceu antes no Vale do Itajaí em 1983.

    Cidadania não é colocar a arma na cabeça de ninguém, tampouco roubar.

    A raiz do problema é outro.

    E é exatamente o motivo do cara estar se aproveitando do mercado, porque ele sabe que o governo não tá nem aí para ele e a lei da selva é a lei do mais esperto.

    Aí, ao invés de gastar um bi em sistemas de drenagem, ou canais, ou qualquer outra solução ( egípicios e mesopotâmicos faziam isto há uns 5 mil anos atrás com a “tecnologia atrasada” ), gastam três bi remediando a enchente.

    Sem falar na tortura televisiva…

    “Nós da Record que estamos continuamente mostrando a dor dos desabrigados”.

  7. kk, vc acha que é “econômico” investir num problema que só acontece a cada 25 anos? Afinal, essa pica é do administrador da vez.

    O Governo não fez o seu dever de casa. É pacífico. Não tem políticas protecionistas ao meio ambiente.

    Mas num curto espaço de tempo [não sei ao certo o intervalo] choveu em BLUMENAU (falo só dessa cidade, não do Estado inteiro) a enorme quantidade de 300 BILHÕES de litros d’água.

    Isso é um desastre natural. Inesperado que não há como ser sequer imaginado.

    Os EUA sempre são atingidos por furações, principalmente na região do Golfo do México. Eles têm políticas para amparar os atingidos pelos desastres, já que acontecem com frequência. Mas a responsabilidade de construir a “casa do terceiro porquinho” [a mais resistente] é do morador.

    Egípcios e mesopotâmicos TINHAM a obrigação de se resguardar, já que os principais rios SEMPRE enchiam (e isso era motivo de orgulho, já que as dádivas deixadas no solo eram consideradas de muita importância.

    Agora… suportar o Datena ou o pessoal da Record… é dose. Concordo.

  8. Não se evolui de uma hora para outra pessoal, teremos de ter paciência com a nossa política e com a nossa sociedade, a evolução é gradual (aposto que os suecos não foram sempre organizadinhos assim…). Mas, chama-me atenção o espírito humanitário possuído pelo povo do nosso país, acho que o Brasil está sim evoluindo,as doações feitas aos desabrigados mostram que o povo do créu é também solidário.

    Fortes Abraços

  9. QUEM COMENTOU AI EM CIMA FALOU, FALOU, FALOU MAS VAI FAZER O Q?

    bahhhhhhhh

    aposto q hj a tarde bocão ai em cima vai passar no vermelho, quase atropelar a velha na faixa de pedestre e vai ter a manha de abrir o vidro e xingar!

    “o q vc vê com os olhos fechados?”

  10. Acabei de voltar de lá … sabe o que acontece se você compra um vinho quente na rua? Você paga 5 Euros [2,5 da bebida e 2,5 da canequinha], ai você toma seu vinho quentinho, devolve a canequinha e recebe 2,5 de volta, sabe como chama-se isso? Consciência Ambiental …. E só para frisar, acontece com a garrafa de cerveja, com a garrafa de coca e com a garrrafa PET [essa ultima é o máximo]. Resultado NENHUMA garrafinha nas lixeiras.

    Lá existem uma educação voltada para isto, as pessoas realmente se preocupam com o meio ambiente [suas cidades, suas pequenas plantações]. Desculpem minha descrença, mas realmente vocês acham que alguma coisa construída na Brasil nas ultimas décadas visam alguma coisa diferente de lucro?

    Esse padeiro que aumentou o preço do pão, você acha que ele se preocupa com outra coisa além de lucro?

    O político que foi eleito na sua região, governador, prefeito, vereador ou seja lá o que for, você acha que ele realmente quer outra coisa além de lucro?

    Os humanos estão ficando ocos, da próxima vez que você encontrar com algum tipo deste, ao invés de falar “Bom dia, como vai você” ? Pergunte a seguinte frase “Bom dia, o que existe dentro de você hoje”? Vamos ver oque ele responde.

    Cada um segue seu próprio caminho de evolução, cada um tenta melhorar da maneira que acha melhor [ocultismo, espiritismo, candomblé, católicos … etc] cada um PODE acreditar naquilo que quer, mas observe e tenha certeza que aquilo que você quer acreditar, é aquilo que você sente que deve acreditar.

    Obrigado pelo site Marcelo, obrigado por dividir conosco aquilo que você sabe e aprendeu a duras penas.

  11. Boa Schimidt. Concordo em número, gênero e grau. (Essa é das antigas). Até mais.

  12. Cara, tanta coisa tem sido escrita sobre a tragédia, e tão pouca coisa faz sentido pra quem viveu ela. A coisa não é bem assim, as mercadorias do mercado estavam perdidas, e ja que comentaram o band of brothers, censurar alguem que está encharcado a dias e possivelmente passa a vida comendo e vendendo lixo por querer encher a cara, ou do desgraçado que levou tv ou o que fosse de valor para a casa, é não saber de nada mesmo…
    agora falam em culpa, prevenir, acham que é por causa do lixo, de construir no morro, ou na beira do rio, mas a coisa foi muito além disso…regiões de mata e densa cobertura vegetal sofreram o mesmo que morros nas cidades…é triste demais, mas algum tempo você escreveu que a chuva limpa os miasmas e purifica o ambiente…e os miasmas que ela traz?e os que deixou?
    mas tudo bem né, deve ser o karma, o destino, a sincronia, os deuses…tsk…
    Bom, paz para os que foram, força para os que ficam…
    e para os que só viram através da lentes alheias, pensem um pouco antes…

  13. Eu comecei concordando com o que você estava dizendo. Até você chegar a fazer juízo de valor..

    Quem é você ou alguém pra jugar cara? Logo nos dois primeiros paragrafos você responde e sintetiza todo o post.

    Se indignar com as mãos de quem ta sofrendo por causas dos que estão em cima é muito fácil e é isso que o Brasil sempre fez, e é por isso que o Brasil é do jeito que é.

    Medidas meramentes punitivas, paleativas, que nao trazem resultado muito menos a curto prazo. “Construa mais presídios”, “Façam mais leis”, “Diminua a maioridade penal”, “Cota racial pra faculdade”.. e por aí vai.

    ê meu brasil brasileiro….

  14. Se indignar com quem ta sofrendo nas mãos dos que estão por cima*

  15. Caros irmãos…

    Sou catarinense, vivi em Sampa alguns dos meus 47 anos, vivi também na Europa por um período. Comparar estilos de vida da população brasileira com a européia atual é uma coisa, comparar raízes é outra.
    A cidadania de que se fala aqui está sendo questionada ao papel de algumas imagens de saques e de uma tragédia monumental que não se tem registros em nosso estado. Percorri no final de semana passado a BR 282 no trecho que liga Florianópolis até a cidade de Lages, algo em torno de 220Km. Neste pequeno trecho de estrada, se comparado a totalidade de quilômetros de estradas atingidas pelas chuvas, contei 54 quedas de barreiras, apenas aquelas que estavam atingindo a estrada. Esta concentração se dava mais nos municípios perto da capital catarinense. Muitas casas atingidas.
    Tenho uma amiga que perdeu a mãe soterrada em sua lojas em São Pedro de Alcântara, onde resido. A estrada que liga Floripa até São Pedro de Alcântara (21KM) possui hoje 9 pontos de bloqueios parciais. E, como “Sun and Dry Please” escreveu acima, estas quedas de barreiras ocorre em locais que tem uma boa cobertura vegetal, lugares que em princípio seriam seguros. O grande problema é que está chovendo continuamente desde agosto no litoral de Santa Catarina e no final de semana da tragédia a terra das localidades já estava muito molhada e se capacidade de absorver, acredito, 20% da água que caiu.
    Digo isto pois, não querendo defender qualquer político, não teve e não tem como prever tal acontecimento climático.
    Podemos, sim, ajudar aqueles irmãos que perderam tudo o que muitas vezes levaram 10, 15, 20 anos tentando construir. dizer simplesmente que “construiram em lugar de risco” não minimiza o sofrimento, nem nos tira a responsabilidade social.
    Diminuir o uso de garrafas pet não iria ter evitado esta chuva toda. Podemos dizer que é culpa do aquecimento global, sim, podemos, que a culpa é do “homem”, também podemos. Mas como SER humano devemos ajudar SEMPRE aqueles que sofrem.
    Aqueles que cobraram R$ 3,00 por pão, R$ 5,00 por litro de gasolina, R$ 150,00 por botijão de gás terão um dia o seu karma cobrando o troco.
    Um fraterno abraço

  16. É um artigo que vê o desastre de um só ângulo.

    Doações a Santa Catarina alcançam R$ 7,8 milhões

    Doações chegam a 1,5 milhão de quilos de alimentos para SC.

    http://www.desastre.sc.gov.br/

    Existem muito mais pessoas ajudando do que atrapalhando.

  17. Primeiros sinais de 2012?😀

  18. Não é uma questão de comparação.

    Aceitar o atual quando ele é ruim e não ter nem planos para melhorar é conformismo.

    Ao invés de ficar compar, pensar em soluções.

    Não em projetos épicos e sim, soluções.

    O problema não é apenas a corrupção. O Brasil tem potencial para ser uma potência mesmo corrupta e patrimonialista.

    É preferir remediar do que prevenir. Os caras no poder tão é pouco se importando para o povo.

  19. estar perto da tragédia não quer dizer compreendê-la nem mesmo fazer alguma coisa pra amenizá-la.

    está faltando voluntário lá. dos que tão perto e que falaram, alguém foi lá fazer alguma coisa?

    eu e minha mãe fizemos depósito pra conta da defesa civil, toda minha família doou roupa de todo tipo. moro a 5/6 horas de viagem de lá, se estivesse perto eu ajudaria.

    agora, o que eu falei com o comentário e tem gente que defende, é que eu não quero doar pra esses fdp que não merecem, os cara que tão indo saquear lojas ao invés de ajudar, pq não se ve gente saqueando loja de materiais de construção ou coisas do tipo?

    defender safado é foda. a distância é relativa e nem apelo pra ciência não-ortodoxa pra explicar mais.

    o exterior é o reflexo do interior.

    p-p-p-p-por hoje é s-s-s-s-só p-p-p-p-pessoal!

  20. Parabéns pela posição e ousadia do post!!!

  21. Posso estar sendo exagerado ao falar que as populações são mantidas na ignorância propositalmente. Mas realmente acredito nisso, pois para que continuemos condicionados a esse sistema de valorização da escassez precisamos ser mantidos à sombra dos conhecimentos que despertam. Desde nossa educação, nossa alimentação e até nosso lazer nos afastam de nós mesmos (e cada um de si próprio). Se pensarmos em seleção natural ou mesmo hierarquia natural chegamos à conclusão de que fomos derrotados e tudo o que fazemos em nossas vidas é para o benefício de quem está nas camadas superiores, ou em níveis mais altos hierarquicamente. Para mim a revolução começaria na educação, visto que quem está preparado já está vendo a Igreja Católica com outros olhos. Imaginem se estudássemos Jung ao invés de integrais ou derivadas, e se usássemos os métodos propostos por Paulo Freire ao invés do método dialético convencional…

    As pessoas são ignorantes e tem atitudes ignorantes porque isto é preciso pra que as coisas continuem como estão.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: