Thelema e o Número 11

Outra questão que me chega constantemente diz respeito ao valor simbólico do numeral 11, cujos mistérios possuem tremenda relevância dentro do Sistema de Iniciação proposto por Aleister Crowley. O estudo e a análise deste Undécimo Arcano, sob o ponto de vista thelêmico, muito trará para a consciência do Adepto ou do Estudante do Ocultismo, principalmente quando este for capaz de não se deter ou limitar antes as extravagantes ressalvas a ele atribuídas. Que fique claro, contudo, que o exposto abaixo segue uma linha de entendimento particular, totalmente em concordância com o Aprendizado e o Conhecimento Thelêmico. Portanto, aqui, fornecerei alguns elementos iniciais para que os thelemitas, ou quaisquer interessados, possam meditar a respeito e daí começar a tirar suas próprias conclusões.

Continue reading

Grandes Iniciados – Melquisedec

MELQUISEDEC é um ser ainda mais enigmático que o próprio APOLÔNIO DE TIANA basta que se considere que no ritual de ordenação sacerdotal da Igreja Católica consta uma parte, que foi colhida nos ensinamentos de APOLÔNIO, que diz: Tu és “SACERDOCE IN AETERNUM SECUNDUM ORDINEM MELCHISEDEC”, Tu és um sacerdote eterno, segundo a Ordem de MELQUISEDEC. Existem muitos documentos que dizem haver sido JESUS um sacerdote da Ordem de MELQUISEDEC. Então Quem é MELQUISEDEC?

Continue lendo sobre Grandes Iniciados – Melquisedec.

Pirâmides, Pirâmides… – parte II

Olá crianças,

Hoje falaremos sobre a matemática das pirâmides. Recomendo ler o Post sobre as Pirâmides submersas no Japão e Astrologia para não pegar o bonde andando…
Em primeiro lugar, a palavra “pirâmide” vem do grego Pyramidos, ou “medida de luz”. Dentre a centena de pirâmides egípcias, vou começar pelo complexo de Gizé (ou Giza), considerado o mais importante deles, mais especificamente pela pirâmide de Khufu (ou Queops).

Continue lendo sobre Pirâmides, Pirâmides.

Bienal do Livro – Hordas goblinóides

Salve,

Depois do final de semana movimentado, onde já conseguimos pagar o investimento do stand, começam as chamadas “hordas bárbaras”, ou seja, a visitação escolar.
A visitação escolar consiste em levar para a bienal cerca de 180.000 alunos das escolas credenciadas, somados a outro tanto de alunos que são levados para lá sem estarem credenciados (tipo “hoje vamos para a bienal”). Durante a manhã e a tarde, os corredores são invadidos por hordas de goblins. Os moleques seguem a lei de Murphy que diz que quanto mais remelento e de mãos sujas for o moleque, mais caro será o livro que ele pensa que irá folhear…

Continue reading

Bienal do Livro – primeiro fim de semana

Salve,

Antes de começar a escrever sobre o final de semana, queria agradecer a todos os leitores do sedentário e, mais especificamente, do blog “Teoria da Conspiração” que apareceram para conversar comigo. Meus irmãos, frateres, sororers e sobrinhos eu já esperava que aparecessem para dar uma força, mas quando aparecem cerca de 40 ou 50 pessoas falando “olha, você não sabe quem eu sou porque eu nunca comentei na sua coluna, mas eu leio todos os seus posts e obrigado por escrever” é realmente emocionante. São vocês que tornam este projeto uma realidade.

Continue reading

Bienal 2008 – dia 1

Infelizmente, não temos wireless lá na Bienal. Tem, mas tem de pagar, e não vale a pena, então tentarei escrever estes posts de casa, assim que voltar, se não for muito tarde.
Com a chuva torrencial que caiu hoje o dia inteiro, apenas heróis visitaram a Bienal nesta quinta-feira, então acabou ficando restrita aos profissionais da área mesmo. Hoje foi o dia de atender lojistas e distribuidores. Passei a manhã na Madras e a tarde, depois da palestra do governador Serra na abertura da feira, fiquei no stand da Daemon atendendo a galera.

A rotina das 10h (no caso, 8h hoje) às 22h é estafante, mas divertida. Meus pais deram uma passada na bienal para ver como ficou o stand, e vários irmãos e frateres de outras editoras vieram ver como ficou a Enciclopédia.
Na medida do possível, vou postando mais informações…

Bienal do Livro 2008 – Update

A Daemon Editora estará presente em mais uma Bienal do Livro, levando os livros de RPG ao alcance de mais de um milhão de visitantes. Este ano estaremos recheados de novidades: a Enciclopédia de Mitologia, o Guia de Veículos, os Cadernos de RPG, Vaysas, o romance “Bênção do Inimigo” e o livro Céu e Inferno (suplemento para Rebelião e Trevas).
Para chegar a nosso stand, basta seguir pela rua A até chegar a Avenida 4, logo no início da feira.
- dia 16/8, 20h – Lançamento da Enciclopédia de Mitologia.
- dia 17/8, 20h – Lançamento do Guia de Veículos.
- dia 18/8, 20h – sessão de autógrafos com Lilia Bueno e Marici Farat
- dia 22/8, 20h – Sessão de autógrafos com Morgana Dark
- dia 23/8, 14h – sessão de autógrafos com Eddie van Feu
Além disso, estarei no stand da Daemon praticamente todos os dias e horários, para quem quiser trocar idéias a respeito da coluna “Teoria da Conspiração”.

Os Quatro Grandes Pilares do Conhecimento

Faz parte da busca pelo auto-aperfeiçoamento, pelo auto-conhecimento e pela liberdade psicomental a educação da Vontade, o exercício do livre-pensar, a psiconáutica, a criação visionária. Dentro do contexto draco-luciferiano, o indivíduo procura englobar em sua bagagem cultural superior as Ciências Arcanas e os quatro grandes pilares do conhecimento humano, a saber: Ciência, Religião, Filosofia e Arte em seus aspectos mais ocultos, criativos e práticos para a experiência da consciência individual.

Clique aqui para continuar a ler Os Quatro Grandes Pilares do Conhecimento.

Elementais, os Espíritos da Natureza

Na literatura ocultista, a mais compreensível e lúcida exposição sobre a pneumatologia oculta – ramo dedicado as substâncias espirituais — encontra-se no trabalho de Philippus Aureolus Paracelsus de Paracelso, príncipe do alquimistas e dos filósofos Herméticos, verdadeiro mestre do Segredo Real – A Pedra Filosofal e o Elixir da Vida. Paracelso acreditava que cada um dos quatro elementos primários conhecidos dos antigos — terra, fogo, ar e água, era constituído de um dois princípios: um sutil, vaporoso e metafísico; outro, de substância corporal grosseira e material.

Clique aqui para continuar lendo o texto Elementais, os Espíritos da Natureza.

Os Sete Níveis

Nos anos 60, quando os Beatles visitaram os EUA, eles fizeram questão de conhecer seu ídolo Bob Dylan. E, num quarto de hotel, eles se reuniram pra tocar, filosofar e partilhar suas experiências. Além disso, foi com Dylan que eles conheceram, pela primeira vez, a maconha. Seria a primeira vez, seguida de milhares de outras, em que John, Paul, George e Ringo ficariam chapados.

Todo mundo ficou muito doido, e foi nesta noite que Paul McCartney descobriu “o sentido da vida”.

Clique aqui e continue lendo Os Sete Níveis.

Grandes Iniciados – Alan Moore

Confira abaixo um resumo dos principais fatos na vida e bibliografia do escritor e mago inglês Alan Moore. Trata-se de excertos do livro Alan Moore: Portrait of an Extraordinary Gentleman, um livro-tributo dedicado aos 50 anos do artista. São páginas recheadas de ensaios, ilustrações, artigos, fotografias, entrevistas, e opiniões sobre o mago-escritor de Northampton. Escritores, desenhistas e pessoas relacionadas aos quadrinhos comentam sua relação com Moore.

Clique aqui para continuar lendo Grandes Iniciados – Alan Moore.

O Mito da Fênix

A Fênix é um pássaro da mitologia grega que quando morria entrava em auto-combustão e passado algum tempo renascia das próprias cinzas. Outra característica da Fênix é sua força que a faz transportar em vôo cargas muito pesadas, havendo lendas nas quais chega a carregar até elefantes.

Clique aqui para continuar lendo O Mito da Fênix.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.